Filmes que ajudam a ampliar a Consciência

Tempo de leitura: 10 minutos

Nesta página quero colocar alguns filmes e documentários que ajudem a ampliar a consciência. A ideia é ir alimentando esta página constantemente, então para receber sempre as novidades, lembre-se de cadastrar o seu e-mail. Sempre que possível, vou colocar o link do vídeo aqui mesmo para que você já possa assistir (alguns podem não estar disponíveis na Internet, então somente citarei).

Lembre-se de compartilhar com os seus amigos =)


Cowspiracy – O Segredo da Sustentabilidade

Este documentário será o primeiro da lista. Peço encarecidamente que você assista, e compartilhe com o maior número de pessoas que puder. O documentário traz informações que vão te fazer refletir, e depois disso, se ainda assim decidir não alterar alguns hábitos, pelo menos será por uma escolha consciente. Eu mesmo, muitos anos atrás, não sabia da verdade, e quando descobri decidi que definitivamente seguiria outro caminho.

Não quero escrever mais sobre pois espero que você assista o vídeo e possa tirar as suas próprias conclusões.


Quem Somos Nós

Esse provavelmente foi um dos filmes que mais popularizou a Física Quântica. Simplesmente obrigatório para todos que querem abrir a mente para uma nova consciência.

Primeira Lei Hermética:

O Todo é Mente; o Universo é Mental. – O Caibalion

Segundo o Mago Aleister Crowley:

Magia é a Ciência e a Arte de Provocar Mudanças em Conformidade com a Vontade.

Preste atenção em todos os conceitos apresentados neste filme, e você verá que a Ciência e a Espiritualidade estão se aproximando cada vez mais.

Para saber mais sobre as Leis Herméticas, que nos ensinam muitos dos conceitos deste filme há milhares de anos, leia este post e cadastre seu email para receber a áudio aula sobre as 7 Leis do Universo.


Samsara

Samsara, para quem não sabe, é a roda de reencarnação dos budistas. O Budismo e várias outras tradições trabalham com o conceito de reencarnação, portanto para estas tradições temos várias passagens aqui pela Terra.

Este filme traz um dilema interessante. Afinal, qual o melhor caminho de evolução? Seguir um caminho monástico ou uma vida comum? O filme conta a história de um monge que depois de meditar durante 3 anos, 3 meses, 3 semanas, 3 dias, 3 horas e 3 minutos, resolve experimentar a vida fora do templo (principalmente movido pela sexualidade).

O filme traz vários conceitos interessantes do budismo tibetano, inclusive a importância da Astrologia no Tibet (Saiba mais sobre esta arte aqui).

Não quero contar o filme então paro por aqui, e deixo também um famoso provérbio do Budismo Tibetano para que você possa refletir e quem sabe responder (no final do filme eles dão a resposta).

Como fazer para uma gota de água não secar?

 


O Efeito Sombra

Este filme mostra a importância de reconhecermos e aceitarmos a nossa Sombra. Eu tomei conhecimento deste termo na psicologia através do trabalho de Carl Jung. A Sombra na Psicologia é tudo aquilo que não queremos aceitar em nós mesmos.

Podemos ver que este conceito da Sombra segue uma das Leis do Universo, a Lei da Polaridade (Leia mais aqui).

Outro ponto importante é que, de acordo com a Lei da Projeção, se não olharmos e aceitarmos a nossa própria Sombra, a tendência é projetarmos ela nas outras pessoas. Veja mais no filme abaixo, e se quiser trabalhar este autoconhecimento através um processo de Coaching Holístico, é só entrar em contato =)


Atualização 11/09/2016

Eu Maior é um filme que discute a felicidade e o autoconhecimento, trazendo a visão de 30 entrevistados de diferentes áreas. Veja o que Monja Coen, Mario Sergio Cortella, Leonardo Boff e muitos outros dizem sobre o tema. O nosso Eu Maior, ou Eu Superior, é onde podemos encontrar a verdadeira felicidade _/|\_

 


Atualização 24/09/16

Agartha e Shambala

Gravei um zapcast estes dias falando sobre as cidades do centro da Terra, e como a galera se interessou, resolvi compartilhar um pouco mais aqui.

Primeiro deixo um documentário fascinante da BBC sobre a busca por Shangri-la/Shambala, neste documentário o repórter refaz um caminho que um antigo abade fez em busca da cidade sagrada nos arredores do Tibete.

O segundo vídeo é uma apresentação que fala com mais detalhes sobre estas cidades, para aqueles que realmente se interessarem em saber mais sobre o assunto. Aproveite =)


Atualização 25/09/16

Você sabe o que Isaac Newton, Galileu e Carl Jung tinham em comum? Os três eram Ocultistas. Talvez isso seja uma surpresa para muitos, já que estes são nomes muito respeitados na nossa sociedade. O Ocultismo nada mais é do que o estudo da sabedoria que foi “escondida” da maioria da população.

Eu estudo Ocultismo há muitos anos, e meu próprio Mapa Astral mostra este profundo interesse no tema, já que possuo 3 planetas na Casa 8 e no signo de Escorpião pra ajudar.

Veja este documentário da Discovery Channel e saiba um pouco mais deste mundo, e se quiser trabalhar um processo de Coaching aliado à estes conhecimentos, basta entrar em contato.


Atualização 30/09/2016

Este filme além de ser um ótimo entretenimento, é recheado de ensinamentos preciosos. Fique atendo a cada diálogo entre o Dan e o Sócrates e retire muitas pérolas de filosofia e autoconhecimento. Depois comenta aqui as lições que você tirou =)


Atualização 09/10/16

Aqui está o documentário do Coach Anthony Robbins que antes estava disponível somente no Netflix. Veja o post sobre este documentário aqui no blog mesmo e assista à este magnífico documentário sobre o desenvolvimento humano =)


Atualização 12/10/2016

Uma pequena viagem pela Magia do povo Celta. Uma das características deste povo é a cultura matriarcal, pelo culto à Deusa, ou Grande Mãe, que podemos associar à própria Mãe Terra. Esta era uma época em que a mulher tinha um papel fundamental da Espiritualidade, no filme As Brumas de Avalon, podemos ver que eram as Sacerdotisas que podiam abrir as “Brumas de Avalon”. Que este vídeo de 5 minutos possa despertar o seu interesse para se aprofundar em uma sabedoria iniciática incrível _/|\_


O Olho de Hórus, este documentário tão antigo quanto impressionante mostra a história de uma suposta organização sacerdotal hermética, pertencentes à escola de mistérios conhecida como Olho de Hórus. Esta escola teria sido responsável pela orientação espiritual e a direção dos destinos do povo egípcio durante milhares de anos.

Seu objetivo principal teria sido o de promover a elevação do nível de consciência daquele povo através, principalmente, da construção de diversos templos sagrados ao longo das margens do rio Nilo. Além disso, tais sacerdotes eram os zelosos guardiões da sabedoria acumulada desde tempos imemoriais, quando ainda existia o continente perdido da Atlântida.

A série foi baseada nas investigações do egiptólogo e matemático R. A. Schwaller de Lubicz e nas realizações da escola Olho de Hórus. Os templos construídos por esta organização eram utilizados como enciclopédias de conhecimento, cujo objetivo era transmitir ao povo, ao longo de muitas gerações, a informação acumulada a respeito do funcionamento do universo.

Tais templos também serviram como polos de desenvolvimento social, político e econômico da civilização egípcia. Espiritualmente, os antigos sacerdotes estruturaram esta sociedade alicerçada em dois conceitos fundamentais: (1) a reencarnação como meio de evolução espiritual e (2) a iluminação como passo final deste processo.

Para los antigos egípcios, havia um plano divino baseado na reencarnação destinado a que o homem experimentasse em sua própria carne as leis que determinam o funcionamento do universo. Vivendo um processo evolutivo através do acúmulo de experiências ao longo de 700 reencarnações, o ser humano, inicialmente um ser instintivo, ignorante, inocente e primitivo, poderia se transformar em um super-homem, em um sábio imortal.

Além de templos, os sacerdotes da escola Olho de Hórus construíram enormes pirâmides para concentrar energias cósmicas e telúricas em câmaras focalizadoras, que elevavam a frequência vibratória de seus discípulos mais avançados. A utilização deste processo ampliava a percepção sensorial e permitia adquirir informações valiosas sobre outros planos de consciência cósmica.

Tais câmaras serviam ainda para a exploração metafísica. Diz-se que, nos dias de equinócio, utilizavam toda a energia acumulada no interior das pirâmides para impulsionar o aumento da frequência vibratória dos átomos dos altos iniciados para que abrissem como flores, liberando a luz contida no interior de seus núcleos.

Assim se produzia uma iluminação temporal do discípulo, durante a qual podia viajar conscientemente pelo tempo e pelo espaço.

As pirâmides egípcias teriam sido construídas sobre um dos centros neurais da rede electromagnética do planeta. Construídas com blocos de pedra talhada pelo homem, eram gigantescos cristais que vibravam harmonicamente com o planeta.

Este blocos de pedra contém quartzo, cujas moléculas, ao vibrarem, friccionam suas superfícies, carregando-se eletricamente num fenômeno que hoje conhecemos como piezoelétrico. Esta energia acumulada era utilizada para induzir estados alterados de consciência nos adeptos do Olho de Hórus.

O documentário original está dividido em 10 capítulos:

Capítulo 1: A Escola dos Mistérios.
Capítulo 2: O Senhor da Reencarnação.
Capítulo 3: A Esfinge, Guardiã do Horizonte.
Capítulo 4: A Flor da Vida.
Capítulo 5: O Complexo de Cristal.
Capítulo 6: A Máquina Quântica.
Capítulo 7: O Amanhecer da Astronomia.
Capítulo 8: O Caminho da Compreensão.
Capítulo 9: O Portal da Liberdade.
Capítulo 10: O Princípio Feminino.

 


Atualização 21/05/2017

Um documentário que fala sobre Autoconhecimento e Xamanismo, dois temas que fazem parte da minha vida. Eu assisti este documentário no Netflix.

Em breve colocarei muitos outros vídeos, se você tiver algum para indicar, contribua nos comentários =D