Seu Corpo é um Campo de Batalha

Tempo de leitura: 8 minutos

Muita gente ficou abismada com as últimas notícias da indústria da carne… eu não me surpreendo, já sabia desta realidade faz tempo. Existem muitas coisas piores do que o papelão por trás da carne, e para quem acha que o leite e o ovo estão fora disso, assista o documentário Cowspiracy aqui.

Outro problema que eu sempre relato para amigos e clientes é sobre os hormônios e antibióticos utilizados na criação de animais, veja mais neste podcast. Deixo aqui só um trechinho da resposta do médico:

As causas para a resistência antimicrobianos e antibióticos, como são mais comumente chamados, são algumas. Uma delas que é muito relevante, muito frequente, não está na responsabilidade direta dos médicos nem dos pacientes. É o uso indiscriminado de antibióticos na agropecuária, utiliza-se antibióticos na produção de frangos, na produção de peixes e diversos outros tipos de animais criados em cativeiro. Esse é um cenário muito propício para selecionar bactérias multirresistentes. E além disso as pessoas usam antibióticos demais, muitas vezes sem necessidade.

E se você quiser saber o motivo de utilizarem tantos antibióticos, assista à algum documentário como A Carne é Fraca e veja as condições que os animais são criados. Os antibióticos são uma forma de evitar que todos morram precocemente de diversas doenças e tumores por conta das condições precárias.

Bem, mas este post é para falar sobre outra indústria que na minha opinião todos deveriam ficar de olho também, e para isso vou utilizar a tradução livre de uma letra de música:

Your Body Is a Battleground (Seu Corpo é um Campo de Batalha)

Qualquer infecção (Imperfeição)
Qualquer aflição (Imperfeição)
Cada imperfeição (Você não vai resolver?)
Espalhe o vício (Tome alguma ação!)

Este primeiro trecho fala sobre a postura da sociedade perante a doença. O materialismo excessivo fez com que as pessoas parassem de ouvir os seus próprios corpos. Qualquer dorzinha precisa ser exterminada com remédios. Estar doente é quase como um crime, e a indústria aproveita isso para vender cada vez mais remédios. O único problema é que cada doença tem uma causa mais profunda por trás, e o remédio vai somente maquiar a causa. Existem estudos como a Linguagem do Corpo e a Metafisica da Saúde que nos ajudam a entender as causas, o que está por trás de cada sintoma.

Qualquer desordem (Imperfeição)
Bi ou tri polar (Imperfeição)
Para a sua proteção (Você não vai resolver?)
Apenas uma injeção (Tome alguma ação!)

Neste trecho, a música fala sobre as desordens mentais. Novamente, emoções negativas são combatidas ao máximo. Não podemos ficar tristes, e parece que quanto mais evitamos isso, mais a sociedade se deprime. Toda emoção é uma mensageira, e se pararmos para prestar atenção no que cada uma trás, poderemos evoluir muito com a ajuda delas. O poeta Rumi tem um poema fantástico sobre isso que você pode ver aqui.

Uma pílula amarga difícil de tomar
E uma a mais a cada dia só para ficar do mesmo jeito
Acabe com a dor
Acabe com a dor

Este trecho fala do fenômeno “pílula mágica”. O ser humano foi condicionado a achar que uma pílula resolverá instantaneamente todos os problemas. Eu trabalho com florais, que atuam nos corpos sutis, e sempre alerto os clientes que tudo leva um certo tempo. Não adianta querer que um padrão que vem sendo formado por anos (muitas vezes desde a infância) se dissolva assim como num passe de mágica. Por isso gosto da abordagem holística, onde trabalhamos em diversas frentes (e o medicamento não é deixado de lado, ele pode sim ser de grande ajuda em um período). A armadilha aqui é a pessoa virar dependente de uma pílula. Acredito que os remédios devem ser utilizados como auxílio para sairmos de algumas situações, mas sempre podemos buscar alternativas e formas de nos curarmos.

Qualquer desordem?
Sem concentração
Muito difícil de lidar?
Sem hesitação
Para a sua proteçao
Apenas uma injeção
Nós te daremos uma receita
Quanto mais jovem melhor

Aqui a música fala sobre distúrbios que são cada vez mais comuns. Ouço falar de psiquiatras que receitam remédios para pessoas (e muitas crianças) que não conseguem se concentrar. Será que é mesmo necessário o remédio em todos estes casos? Já ouvi muitos médicos conscientes dizendo que não… a concentração é parte da meditação (Dharana), e é por isso que eu sempre indico esta prática para os meus clientes. A meditação é um treino diário, e no começo parece impossível e sem resultados, porém, se você persistir, novos caminhos cerebrais serão criados e a concentração virá cada vez mais facilmente… claro que talvez alguns casos precisem da intervenção de remédios, mas mesmo assim eu não descartaria todo o trabalho holístico para ajudar no processo.

Uma para o seu coração
Para a sua cabeça
Uma para cada monstro
Debaixo da sua cama
Acabe com a dor

Esta parte da música é para mim uma das mais profundas. Todos temos questões inconscientes (os monstros debaixo da cama) que criam o nosso destino. Muitas pessoas buscam o caminho “mais fácil” para acabar com a dor, que é com remédios. Novamente, em alguns casos os remédios podem auxiliar, mas nunca deveríamos criar dependência deles e a decisão por tomar o remédio deve ser em último caso. Sobre isso, deixo uma analogia fantástica de Carl Jung:

“A consciência se comporta então como um homem que, ouvindo um barulho suspeito no porão, se precipita para o sótão para constatar que aí não há ladrões e que, por conseqüência, o barulho era pura imaginação. Na realidade, esse homem prudente não ousou aventurar-se ao porão”.

Tomar uma pílula somente seria como olhar para o sótão, enquanto a busca pelo autoconhecimento profundo é se aventurar no porão. No Mapa Astral, este “porão” é bem representado pela Casa 12, além de outros pontos que podem nos mostrar estas questões mais profundas. Talvez não seja fácil entrar neste porão sem ajuda, e por isso que temos tantas abordagens de auxílio, como terapias, coaching e etc.

Sobre esta parte da música, deixo também outra frase de Jung:

Até você se tornar consciente, o inconsciente irá dirigir sua vida e você vai chamá-lo de destino.

Continuando…

Seu corpo é um campo de batalha
E agentes químicos são espalhados
Seu corpo é um campo de batalha
Mas você não acha que poderia viver sem isso?

Este trecho é um que eu adoro. A música aqui compara o nosso corpo com um campo de batalha, onde pílulas e injeções estão constantemente jogando agentes químicos na nossa corrente sanguínea. A pergunta final é categórica, será que não podemos viver sem isso? Paracelso já dizia que o nosso corpo é a maior farmácia. Nossas glândulas estão constantemente fabricando hormônios. Se dermos uma chance ao corpo, ele mesmo vai se autorregular, e então precisaremos cada vez menos de remédio. Sei de gente que toma melatonina para dormir por exemplo, um hormônio que naturalmente é produzido pela glândula pineal se ela estiver saudável.

Seu corpo é uma indústria
Sua dor não é nada mais do que lucro para mim
Seu corpo é uma indústria
Você não pode se libertar
Você não pode se libertar
Não!

Este trecho é a essência deste post. Depois do escândalo da indústria da carne, será que a indústria farmacêutica está realmente preocupada com o seu bem-estar? Ou com o seu dinheiro? No mundo empresarial, a renda recorrente é o melhor negócio, então dizer para as pessoas que ela terão que tomar remédio a vida inteira é uma ótima forma de engordar os bolsos desta indústria. Você conhece alguém dependente de remédio? Pense nisso.

Acho importante deixar claro que eu entendo a importância da indústria farmacêutica e da medicina tradicional, e considero que elas podem ser de grande ajuda se bem utilizadas. Este post é somente a minha visão (passível de erros) sobre a indústria que está por trás de tudo isso, cujo objetivo maior é o lucro (como infelizmente a maioria das empresas). Quanto mais você buscar uma vida natural e equilibrada, menos o seu corpo precisará de remédios e intervenções médicas, e o caminho para isso é o conhecimento, busque conhecimento alimentação, bem-estar, funcionamento da mente humana, etc…

Se você se identificou com as ideias contidas aqui, reflita e compartilhe com seus amigos,e para quem ficou curioso, deixo aqui o clipe da música com a letra em inglês _/|\_